• MOA Global

MOA Ignition, aproximando parceiros para potencializar resultados

Nosso primeiro evento público aconteceu no início de novembro e pode ser descrito como um pequeno movimento essencial. Reunimos algumas das empresas que são nossos parceiros estratégicos e que precisam um do outro para permitir a viabilidade e a sustentabilidade de um projeto de IoT.


Segundo Alexandre Bueno, Diretor da Moa, “nenhuma empresa consegue atender 100% de toda a cadeia que precisa ser integrada para que uma inovação tecnológica possa se tornar viável. Do sensor até a plataforma, até analisar dados, um projeto exige o alinhamento de diversos elos de uma cadeia que precisa ser bem ajustada para que se obtenha o desempenho tecnológico e a viabilidade econômica de um produto.”




O que se busca basicamente é captar um dado confiável e gerar informação precisa que gere valor: eficiência e eficácia de processos na otimização de produtos e serviços. O que está claro para a MOA, na leitura que fazemos do mercado e suas necessidades atuais, é que o que de fato faz a diferença é a capacidade de engajar parceiros estratégicos com competência para entregar valor com foco em uma mesma solução. Já nos seus primeiros passos, a MOA veio lentamente estabelecendo parcerias de confiança, com empresas que tenham presença forte em seus segmentos de atuação.


Entre as alianças estratégicas da MOA temos a Honeywell oferecendo sensores de alta performande, a Talles Gemalto nos módulos de conectividade, a Globalsat, a Claro e a Trópico oferecendo tecnologias complementares de conectividade, e a Fiware com a plataforma capaz de plugar todas as informações e tornar acessíveis com qualidade.


Juntos com a MOA, essas empresas compõem o que está sendo chamado de um cluster de IoT. Já vemos, na composição de diferentes cluster com objetivos específicos, concorrentes podem compor cluster de mútua cooperação. O que fará cada vez mais toda a diferença é a capacidade de união dos parceiros clusterizados para buscar o melhor resultado.


“A MOA nasceu com essa consciência e nosso grande diferencial hoje é a capacidade de agregar parcerias bem conectadas, engajando pessoas e empresas com foco em negócios. O MOA Ignition”, afirma Bueno, “foi a forma mais objetiva e direta de colocar frente a frente nossos principais parceiros”. E em pouco tempo já pudemos ver os primeiros passos na maior aproximação, que será capaz de gerar resultados inclusive que irão além da MOA.”